Manaus (AM)

A capital do estado brasileiro foi fundada em 1669, quando ainda era uma pequena aldeia, (ganhou esse título, apenas, em 1856) com a colonização da área pelos portugueses. Nessa época, era construída, às margens do Rio Negro, a Fortaleza de São José, que os protegia da invasão dos espanhóis. Localizada às margens do Rio Negro, Manaus é uma das cidades que está mais próxima da Floresta Amazônica. Ela possui uma grande reserva energética e natural, sendo que a diversidade de sua fauna e flora é um dos atrativos para os visitantes. Os turistas podem apreciar o encontro dos rios Negro e Solimões; além disso, podem-se realizar vários passeios ecológicos.

Para um roteiro mais urbano, a cidade oferece construções antigas que atualmente abrigam centros de exposição e culturais como o Teatro Amazonas. A comida da região norte também é um bom motivo para a visitação, pois os pratos regionais valorizam os produtos locais como peixes, açaí e diversas especiarias.

Pontos Turísticos de Manaus

  • Teatro Amazonas: Construído na época do Ciclo da Borracha (1896), é um símbolo arquitetônico;
  • Alfândega: Construída em 1906, ela é um dos primeiros edifícios que levam blocos de pedra em sua construção;
  • Centro Cultural Palácio Negro: Já foi sede do governo e recebe shows e eventos culturais;
  • Mercado Municipal Adolfo Lisboa: Recebe os produtos pesqueiros e da agricultura do estado. 

Construções Históricas de Manaus

  • A Catedral de Manaus - erguida sob a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, que havia sido devastada por causa de um incêndio, foi inaugurada no ano de 1878. Considerada também a primeira grande construção arquitetônica da cidade, é um templo com o estilo do neoclassicismo.
  • O Relógio Municipal - localizado na Avenida Eduardo Ribeiro, veio da Suíça em 1927. Vale a pena conferir.
  • Monumento Abertura dos Portos - foi inaugurado em 1900 para servir de porta de entrada para a comercialização de produtos entre o mundo todo e os portos do rio Amazonas. Esse monumento está situado na praça de São Sebastião.
  • Palácio Rio Negro (nome original Palacete Scholtz) - foi construído no final do século XIX e transformado, em 1995, em um dos centros culturais da região e era a residência de um comerciante alemão.

Belém (PA)

Fundada em 1616, tem como principal ponto turístico o Fortim Presépio, que deu origem à cidade de Santa Maria de Belém do Grão Pará, conhecida como Belém. Seu principal objetivo na época era proteger a foz do Rio Amazonas do controle de outros países. A capital do estado oferece atrações religiosas como o Círio de Nazaré, onde todos os anos, no segundo domingo de outubro, essa cerimônia religiosa é uma demonstração da fé dos habitantes da cidade. Além disso, pode-se visitar prédios arquitetônicos como a Estação das Docas e a Casa das Onze Janelas. Na época em que a borracha estava no auge, foi construído o Theatro da Paz.

Um dos pontos turísticos mais conhecidos de Belém é o Mercado Ver-o-Peso, que atrai diversos visitantes em busca das frutas e dos pratos típicos. Os mais consumidos são o tucupi, tacacá, temperos variados e ervas. É uma cidade que possui muitas árvores, que amenizam os efeitos do calor, típico na maioria do ano.

Com uma gastronomia composta pelos atrativos amazônicos e alinhada aos diferentes sabores do exterior, é uma das culinárias cercadas de maravilhas naturais e considerada uma comida originalmente brasileira.

Construções Históricas de Belém

  • Mercado Ver-o-peso - construído em 1625, abastece o comércio da cidade, com a compra e venda de produtos da Amazônia;
  • Conjunto arquitetônico do século XVIII - possui estilo neoclassicista e do barroco jesuítico, que faz de Belém uma cidade turística rica em seus monumentos históricos;
  • Museu Sacro -  um dos maiores museus de arte sacra do país;
  • Theatro da Paz - com belíssimas apresentações de Ópera;
  • Mangal das Garças e a Casa das Onze Janelas que, antes, era uma edificação construída no século XVIII por um barão de açúcar e hoje, localiza-se o Museu de Arte Moderna.